fbpx

Instrumento é destinado à experimentação de projetos inovadores por empresas e startups na temática de Cidades Inteligentes

Será assinado, nesta quinta-feira, 31 de março, às 15h, o Decreto que institui o Programa Sandbox Regulatório do Estado de São Paulo, destinado ao apoio e fomento aos ambientes regulatórios experimentais na temática de Cidades Inteligentes, implementados pelos municípios do Estado de São Paulo. 

A coordenação do primeiro Sandbox Regulatório Estadual do Brasil será da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo. 

Sandbox para Cidade Inteligente

O Sandbox para Cidade Inteligente é um programa instituído em âmbito estadual para que poder público e empresas de base tecnológica, startups e ecossistema de inovação em geral possam estar sincronizados com as técnicas, tecnologias e modelos de negócio inovadores. O projeto se dá em ambiente urbano real, mediante o cumprimento de critérios e de limites previamente estabelecidos pela gestão de cada ambiente. O objetivo é facilitar o procedimento de implantação, com condições especiais simplificadas, na forma do Marco Legal das Startups e do Empreendedorismo Inovador.

São Paulo será o primeiro estado brasileiro a adotar o instrumento oficialmente. A Secretaria de Desenvolvimento Regional atuará como fomentadora e integradora de Sandboxes dos municípios paulistas, de modo a permitir a organização, sistematização e compartilhamento dos resultados das experimentações reportados pelas autoridades municipais, a padronização de processos e procedimentos entre sandboxes, a organização de circuitos regionais de experimentação, a difusão de boas práticas, bem como a promoção e divulgação dos sandboxes no portal do Programa Sandbox Regulatório do Estado de São Paulo. 

Evento 

O evento de lançamento para assinatura do Decreto será nesta quinta-feira, 31, no Palácio dos Bandeirantes, restrito a convidados. A transmissão, ao vivo, será feita pelo canal do Governo no Youtube

O vice-governador e Secretário de Governo, Rodrigo Garcia, participa e apresenta o Programa “Sandbox SP”, trazendo a importância dos ambientes regulatórios experimentais para o desenvolvimento de cidades inteligentes. “O Governo apoia a produção de conhecimento, ciência e tecnologia e procura oferecer os instrumentos necessários para a inovação. O espírito empreendedor da nossa população transforma a inovação em trabalho e renda”, afirma. 

Acompanhando o  vice-governador, estará o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. “O Governo de São Paulo é o primeiro do Brasil a levar o Sandbox Regulatório para seus municípios. Esse será um importante instrumento para a retomada da economia e promoção de negócios inovadores em todo o estado”, comentou o Secretário. 

Ainda na programação do evento, Vitor Amuri Antunes, Sócio e Diretor de Projetos da SPIn Soluções Públicas Inteligentes, fará a apresentação do Sandbox no Brasil; e Marcelo Nunes, Diretor de Desenvolvimento de Negócios do Parque Tecnológico de São José dos Campos, apresenta o papel do Parque Tecnológico no apoio e fomento de ambientes regulatórios para o desenvolvimento de Cidades Inteligentes.

“Com certeza, o Governo do Estado tem muito a contribuir para o fortalecimento dos ecossistemas locais de inovação e para a boa condução de projetos de Cidades Inteligentes em São Paulo. Nesse sentido, um programa estadual de sandbox regulatório, focado em Cidades Inteligentes, tende a alavancar todos os ambientes experimentais, ao proporcionar a criação dos chamados “circuitos regionais de experimentação” (espécie de rodízio de startups e soluções em diferentes cidades, com características distintas), a difusão de resultados entre todos os municípios aderentes, o fomento do ponto de vista da governança, entre outros aspectos, sem ferir a autonomia municipal de organização de cada ‘caixa de areia’”, diz Antunes.

Paula Faria, CEO da Necta e Idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility traz o panorama do Hub de Cidades Inteligentes e o papel da Plataforma Connected Smart Cities para aproximar as organizações dentro dos ambientes regulatórios nas cidades.

“Como idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, vejo um passo muito importante que o Estado de São Paulo está tomando com a criação do primeiro Sandbox Regulatório Estadual do Brasil. Essa é uma grande oportunidade que as empresas iniciantes e startups terão para colocar em prática projetos de Cidades Inteligentes. Dessa forma, ganham as cidades e os cidadãos. Esse é o objetivo do Connected Smart Cities & Mobility, fazer conexões com propósito para que as cidades tornem-se mais conectadas, humanas e resilientes”, afirma Paula Faria.  

Estão previstos ainda para participarem do evento, o Governador de SP, João Dória, que deixa seu mandato nesta quinta, 31, para iniciar a pré-campanha à Presidência da República;  Fred Guidoni, Presidente da Associação Paulista dos Municípios (APM) e Sebastião Misiara, Presidente da União dos Vereadores do Estado de São Paulo (UVESP).

Serviço:

Assinatura do Decreto do Primeiro Sandbox Regulatório Estadual do Brasil

Data: 31/03/22

Local: Palácio dos Bandeirantes – Av. Morumbi, 4500 – SP

Horário: 15h00

Transmissão, ao vivo, pelo Youtube do Governo.

Mais informações sobre cidades inteligentes, acesse CSCM. 

 

Assessoria de Comunicação e Imprensa Necta – Conexões com Propósito

Patrícia Esteves (MTB 49.995)

()

13 98808-8470