Programação do evento, parceria entre Connected Smart Cities e Mobilidade Estadão, já está disponível no site. Objetivo é discutir o deslocamento das pessoas nas cidades   

A Família Jetsons vivia em um futuro automatizado desde 1962, quando entrou no ar o primeiro episódio, exibido no Brasil pela extinta TV Excelsior. Seria possível, a partir de meados do século 21, que o futuro da humanidade fosse com carros autônomos, rodovias compostas por painéis solares, táxi aéreo (eVtols), robôs como criados, drones fazendo delivery, e, com tudo isso, a conexão de uma mobilidade urbana disruptiva e, em paralelo, sustentável e ainda inclusiva?

Discutir esses temas, e pensar alternativas para um mundo melhor, é o objetivo do PMU (Parque da Mobilidade Urbana), que será realizado, entre os dias 23 a 25 de junho, pelo  Connected Smart Cities e Mobilidade Estadão, no Memorial da América Latina, em São Paulo. Connected e Estadão se unem com o propósito de promover a conexão desse ecossistema, por meio da discussão, da troca de informações e da difusão de ideias para a mobilidade no Brasil e no mundo.  

Programação

Mais que um evento, o PMU vai compartilhar experiências, engajar discussões e realizar ações concretas que serão desenvolvidas de forma colaborativa com diversos parceiros. Para a Conferência, que começa no dia 23 de junho a partir das 10h, a programação traz para as mesas redondas:

  • Como superar as barreiras da infraestrutura e preço dos carros elétricos no Brasil?
  • Como mobilizar a sociedade a favor de um trânsito mais seguro? 
  • De que forma a mobilidade como um serviço está avançando no Brasil?
  • Mobilidade urbana no Brasil: como é se mover em São Paulo? 
  • Quais são as mudanças previstas na revisão do Marco Legal do Transporte Público Coletivo? 
  • Como vão funcionar as rodovias do futuro? 
  • Como os sistemas de transporte convencionais podem favorecer a mobilidade compartilhada? 
  • E quais são os caminhos para a construção de cidades diversas, inclusivas e democráticas?

  No dia 24, as conferências continuam trazendo à discussão:

  • Como popularizar a utilização dos carros elétricos no Brasil?
  • Como serão as entregas por drones no Brasil?
  • Qual é a contribuição do setor corporativo para fazer com que as pessoas optem por meios mais sustentáveis de transporte?
  • Você sabia que o transporte público colabora com a desigualdade social?
  • Qual o papel das empresas para a transição da mobilidade sustentável?
  • Quais são as mudanças no cenário da mobilidade urbana com a operação dos eVTOLs?
  • Qual é a solução para a logística nas grandes cidades?
  • Oráculo da mobilidade: teremos drones entregando encomendas em nossas casas?
  • Como promover a transformação da mobilidade ativa nas cidades?
  • Como utilizar indicadores e dados para o planejamento da mobilidade urbana?
  • Compromissos da Amobitec pela Nova Mobilidade
  • Oráculo da mobilidade 2: teremos veículos aéreos funcionando como táxi sobrevoando as cidades?

Além das Conferências, o PMU será dividido em diversos espaços estratégicos com atividades interativas. No Espaço Mobilidade Disruptiva serão compartilhadas experiências e discussões com uma arena montada no local para demonstrar como se utilizam os drones. O público presente também poderá viver a experiência de conhecer um veículo autônomo neste espaço, além de soltar a imaginação com a realidade virtual. 

Já no Espaço Mobilidade Sustentável, serão priorizadas as discussões sobre transporte coletivo e mobilidade elétrica. O objetivo é incentivar a mobilidade ativa e discutir a ampliação da infraestrutura cicloviária, com exposição e test-drive de carros elétricos; e test-ride com bicicleta, patinete, scooter e motos elétricas.

Haverá ainda o Espaço Mobilidade Inclusiva, para discutir o acesso aos espaços e serviços públicos urbanos. Serão apresentados neste espaço os jovens participantes da websérie “Me dá uma chance” do Summit Mobilidade Urbana do Estadão. E o Espaço Logística Inteligente Urbana vai discutir o impacto do delivery e do e-commerce para a mobilidade urbana, incluindo um espaço interativo dos aplicativos de delivery e de e-commerce no local, além de um espaço de logística urbana e gestão de frotas.

Também será apresentado o Espaço Experiência Multimodal, em que os participantes poderão se inscrever pelo site e dizer como é possível chegar ao Parque (no Memorial da América Latina) utilizando, no mínimo, 3 modais, preferencialmente, compartilhados, podendo ser elétrico, ativo e coletivo. Após publicarem no mural da experiência multimodal os meios que foram utilizados, ganharão, ao final do evento, um presente exclusivo da organização.

O Parque da Mobilidade é uma das ações que vai compor, ao longo do ano, a 8ª edição do Evento Nacional Connected Smart Cities & Mobility, junto da 3ª edição do AirConnected, entre os dias 04 e 05 de outubro. O evento é o maior do Brasil que reúne projetos e debate ideias acerca da mobilidade urbana, cidades inteligentes e todo o setor aeroespacial. 

Serviço:

Parque da Mobilidade Urbana 2022

Local: Memorial da América Latina – Barra Funda – São Paulo

Quando: 23 a 25 de junho de 2022

Mais informações pelo site

Assessoria de Comunicação e Imprensa Necta – Conexões com Propósito

Patrícia Esteves (MTB 49.995)

()

13 98808-8470