Os encontros online acontecem quinzenalmente nas redes sociais do CSC e a participação é gratuita 

Com o objetivo de reavaliar os indicadores dos 11 eixos temáticos do Ranking Connected Smart Cities 2022, continua nesta terça-feira, 15, às 9h, os debates com secretários municipais e especialistas das cidades para discutir como os municípios estão se desenvolvendo. Nesta terça, será discutida a Educação nas cidades de Vitória (ES), São Caetano do Sul (SP) e Mineiros (GO). 

Ocupando a primeira posição do eixo Educação no Ranking Connected Smart Cities 2021, Vitória, capital do Espírito Santo, investiu em tecnologia para a rede municipal de ensino e licitou cerca de R$ 70 milhões em compra de 5 mil notebooks,  3 mil novos computadores de mesa, 25 mil tablets para uso dos estudantes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA); e 54 plataformas Tix Letramento para atendimento aos estudantes da Educação Especial. A entrega de todo esse aparato tecnológico está prevista para 2022.

Em setembro do ano passado, a atual gestão regulamentou a implantação do tempo integral na Educação Infantil do município e expandiu essa modalidade de ensino na rede. Neste ano, mais três unidades de ensino começaram a atender em tempo integral, chegando a dez unidades na capital. A Secretaria de Educação instituiu o “Educar para Vitória: Fortalecimento das Aprendizagens”. O foco é a alfabetização para os anos iniciais (1º ao 5º ano) e as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática para os anos finais (6º ao 9º ano) do Ensino Fundamental. 

“Na Educação, temos uma rede potente, com muitos profissionais qualificados e que podem fazer a diferença na vida de cada criança e cada estudante. Nosso grande desafio está em garantir que a nossa razão de existir, enquanto Secretaria de Educação, seja alcançada, que é o aprendizado de nossas crianças e estudantes. Por isso, inovamos ao apresentar o Educar para Vitória, em parceria com o Educar pra Valer, no qual nos inspiramos em três eixos: Fortalecimento das Aprendizagens, Gestão Escolar e Investimento em Infraestrutura”, afirma a secretária municipal de educação, Juliana Rohsner.

De acordo com os dados do Ranking CSC 2021, Vitória possui em torno de 17 vagas em universidade pública para cada mil habitantes com mais de 18 anos. A média do ENEM para os alunos das escolas públicas registra a nota de 457,5. Dos trabalhadores formais, 39,4% têm ensino superior. E a despesa per capita paga com Educação é de R$1.082,58 por habitante.  

Programa Retomada da Educação

O Programa de Reforço Escolar de São Caetano do Sul faz com que as escolas de ensinos Fundamental e Médio dediquem o primeiro mês do ano letivo exclusivamente à revisão do conteúdo pedagógico dos anos anteriores. A estratégia é essencial para combater eventuais déficits de aprendizagem acumulados durante a pandemia. Este é um dos quatro pilares do Programa Retomada da Educação, anunciado pelo prefeito José Auricchio Júnior, em fevereiro passado. 

O primeiro dia de aulas em 2022 teve grande adesão dos alunos, 87% dos estudantes da rede municipal compareceram às escolas, após quase dois anos de aulas online.  “Um dia especial. É muito bom ver a felicidade dos alunos e também dos pais com a volta às aulas. Preparamos o retorno com apoio integral às nossas crianças e adolescentes, em todas as suas necessidades”, afirmou a secretária municipal de Educação, Minéa Fratelli.

Outros Pilares

Além do Reforço Escolar, a Retomada da Educação em São Caetano foi elaborada a partir de outros três pilares: saúde, segurança alimentar e renda. O Programa Saúde na Escola prevê ações conjuntas entre as secretarias de Saúde, Educação e Assistência e Inclusão Social, como a ampliação do Projeto Território Conectado para entender e conhecer o contexto em que o aluno vive, visando assegurar o seu desenvolvimento integral.

 Outro pilar, a Segurança Alimentar engloba a volta do Programa Almoço na Escola, para todos os 12 mil alunos do Ensino Fundamental. E também do Nutre&Ação, que garante merenda reforçada e a adoção de hábitos alimentares saudáveis. O último eixo, Renda + Educação, é um programa de transferência de renda para alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. 

 Em segundo lugar do eixo Educação no Ranking Connected Smart Cities 2021, São Caetano apresenta 466,7 de média do ENEM aos alunos das escolas públicas, e apenas 0,50% de taxa de abandono do 1.o ano  do Ensino Médio público. São mais de 30 vagas em universidades públicas para cada mil habitantes, e as despesas per capita, pagas com educação, chegam a quase R$3 mil por habitante.

Tecnologia e reforço escolar

 Infraestrutura  e quadro de professores são prioridades na educação municipal de Mineiros, interior de Goiás. Quase 100% dos professores do ensino médio possuem o superior.  A tecnologia é a grande novidade para recuperação de aprendizados com os alunos, e os professores estão sendo treinados para passar esse conhecimento ao aluno. 

A secretaria já trabalha com o contraturno nas escolas, que serve para auxiliar alunos com mais dificuldades, e, agora, no próprio turno em que o aluno estuda, há um professor disponível para dar aulas de reforço a quem precisar. “Nós acrescentamos essas duas novas ideias, de tecnologia e reforço escolar, para o município. Estamos concentrados em desenvolver todos os projetos propostos pelas unidades escolares, pensando nessa recuperação pós-pandemia”, afirma Carlos Amorim, secretário municipal de educação. 

Mineiros ficou em terceiro lugar no eixo Educação do Ranking Connected Smart Cities 2021. O município conta com matrícula escolar online na rede pública de ensino, e mais de 101 vagas em universidades públicas para cada mil habitantes. A média do ENEM para os alunos das escolas públicas foi de 376,1. As despesas per capita, pagas com educação, é de R$1.320,54 por habitante.

Os Eventos Temáticos do Ranking Connected Smart Cities 2022 acontecem de 08 de março a 02 de agosto, sempre a partir das 9h. Para acessar o calendário com a programação visite o site do evento. Acompanhe os debates, gratuitamente, pelas redes sociais do CSC ( Facebook, YouTube, Linkedin).

Presenças confirmadas de Paula Faria, Idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, Willian Rigon, Diretor Comercial e Marketing – Urban Systems e Correalizador – Connected Smart Cities, Juliana Rohsner Vianna Toniati, Secretária Municipal de Educação – Prefeitura Municipal de Vitória, Iara Negreiros, Consultora Associada na SPIn / Doutora, Escola Politécnica da USP / ABNT/CEE-268 – “Cidades e Comunidades Sustentáveis” e Bernard Caffé, Cofundador e CEO – Jovens Gênios.

Serviço:

Evento Temático Ranking Connected Smart Cities 2022

Tema: Eixo Educação

Cidades participantes: Vitória, São Caetano do Sul e Mineiros

Data: 15/03

Horário: 9h00

Transmissão online e gratuita

Inscreva-se neste link para interagir com os participantes

Assessoria de Comunicação e Imprensa Connected Smart Cities

Patrícia Esteves (MTB 49.995)

()

13 98808-8470